Conjunto Vicente & Filhos

Conjunto Vicente e Filhos – Droga não é vida

por Bruno Raposo

Quem ouviu a entrevista que dei na Manhãs da Antena da 3 sabe que uma das minhas grandes paixões são os organistas. Verdadeiros homens banda do tempo em que o termo “one man band” ainda não era popular entre nós. Ainda o Paulo “Legendary Tiger Man” Furtado andava de fraldas e já os organistas andavam de festa em festa com o seus teclados Elka Concorde 750.

Um bom organista faz a festa sozinho com o seu teclado. Toca em cima de um tractor se assim for necessário e toca até o último bêbedo da festa tombar para o lado. Tenho óptimas recordações de actuações de organistas e lamento ver cada vez mais comissões de festas a optarem por grandes camiões palco, repletos de luzes, e potentes colunas a dispararem megawatts de som a metro, sem alma.

A época de ouro dos organistas foram os anos 90, numa altura em que se tornou acessível a gravação de cassetes, muitos foram os que gravaram temas originais. As gravações, regra geral não tinham grande qualidade de som, a pós produção era inexistente ou muito reduzida, numa tarde o organista gravava os temas e poucos dias depois já os podia distribuir nos bailes e enviar para as rádios locais a tentar a sua sorte.

Normalmente os organistas são artistas solitários, mas quando se fazem acompanhar por alguém o casting era feito geralmente dentro da própria família . São por isso comuns os duos entre marido e mulher, irmãos e, como exemplificado nesta música que aqui vos mostro, entre pais e filhos. Não importava tanto a qualidade vocal, a disponibilidade era nestes casos mais valorizada que o talento.

Assim surge o Conjunto Vicente e Filhos, em que o senhor Vicente canta ladeado pelos seus pequenos rebentos. Podem não ter a melhor afinação a cantar, mas trazem-nos mensagens importantes e mostram-nos como cantar é uma das melhores estratégias para manterem a família unida. Uma espécie de Kelly Family à portuguesa! Esta é também uma receita utilizada pelo sr. Vicente para afastar os filhos dos caminhos da droga, e pelo que nos é dado a entender neste tema “Droga não é vida” a receita funciona!

Inspirem-se vocês também com esta bonita mensagem e, por amor de Deus, afastem-se dos caminhos da droga!

 

PS: Este é o quarto tema sobre o tema da droga partilhado no Portal Pimba. Conheçam também os outros aqui

You may also like

Leave a Reply