Espanholita Assanhada – Audiopornografia (+18)

por Bruno Raposo

Muito populares nos anos 80/90 em tudo o que era estação de serviço, as cassetes de audiopornografia entraram em extinção no momento em que se tornou mais acessível ao comum mortal aceder a conteúdo maroto.

Imaginem que são um camionista solitário do início dos anos 90, e que percorrem a Europa numa Scania com o vosso nome no tablier gravado numa chapa de matrícula. Não têm telemóvel, não podem ler a vossa revista Gina, qual seria a melhor opção para se entreterem na E-80 a caminho da paragem de Burgos? Audiopornografia, pois claro.  Assim se explica o porquê de, em quase todos os escaparates das estações de serviço, haver várias cassetes para regalo os automobilistas e também da miudagem, que muitas vezes via ali o seu primeiro par de seios.

Normalmente as cassetes continham duas histórias de cerca de 15 minutos cada, uma de cada lado. Esta história – “Espanholita assanhada” – saiu no lado B da cassete “Mesmo Erótica” e conta-nos as aventuras de uma espanhola de férias sozinha em Portugal. Na praia, é abordada por um português (onde é que já vimos isto?) que também se encontrava de férias sozinho. A espanholita não estava até à altura muito encantada com os homens portugueses, e até já tinha ouvido as suas amigas a dizerem que os portugueses não eram o povo mais abonado do mundo. Perante estas palavras o nosso galã não quis deixar todos nós, portugueses, mal vistos e convida-a a ir ao carro. A espanhola aceita e começa a festa.

Não vos vou dar “spoilers” do que se passa de seguida. Ouçam com atenção, e destaquem na caixa de comentários abaixo as vossas partes preferidas.

Adenda: Ouçam o Lado A desta cassete aqui

You may also like

Leave a Reply